quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

- Confiança.

          É não ter dúvidas, acreditar, cumplicidade. É transparência, entrega.
Você entra no ônibus rumo à um dia de trabalho... a cabeça ligada no que enfrentará em mais um dia. Não sabe ao menos o nome daquele que te dirige, que conduz o veículo ao destino almejado. Apenas confia em um sujeito que tem sua carteira de habilitação e um serviço público, não sabendo dos seus vícios, seu estado psicológico ou quantos acidentes ele já sofreu.
          Ao final do dia, ao receber seu salário você vai ao banco depositar seu dinheiro. Fruto do seu trabalho, da sua rotina estressante que lhe rendeu tanta canseira e suor. Você não sabe quem tem acesso ao seu envelope ou muito menos se ele será depositado realmente em sua conta, apenas confia em uma máquina... que não pensa, não fala, não tem vida própria.. é apenas programada, e que de uma hora pra outra pode estragar.
         Ao marcar uma operação você confia no estudo e na capacidade de um médico. Um ser humano, de carne e osso que tem um diploma. Não tem conhecimento se os diplomas dele são realmente verdadeiros, se era um aluno aplicado que realmente aprendeu a matéria ou se já cometeu algum acidente deixando seqüelas em alguém. Apenas confia nas mãos de uma pessoa desconhecida, e enquanto você dorme com uma anestesia, ele abre o seu corpo, do qual você precisa para ter vida.
        Ao gravar um trabalho importante onde foi gasto tanto tempo para concluir, você confia na memória de um computador. A placa poderá queimar, ou alguém por acidente pode simplesmente apagar todo o seu trabalho.
       Você apenas CONFIA. Inúmeras atitudes em nosso cotidiano dependem da nossa confiança. E nós a liberamos sem ao menos refletir sobre sua importância. Confiamos em amizades, pessoas, máquinas... e por motivos pequenos não depositamos confiança Naquele que nos fez, que merece a direção de nossas vidas. Aquele que veste as flores com toda singeleza, proporciona o ar para seus pulmões, pinta o arco-íris sem erro, não deixa o azul do céu desbotar... Aquele que te criou e fez questão em te fazer único, com uma impressão digital que você nunca irá encontrar igual.
      Devemos ser como crianças, confiar na inocência, indefesas, inexperientes, precisando sempre do abraço que protege, do olhar repreensivo. Porque antes de confiar naquilo que está no mundo, ou foi criado por ele, devemos perceber a essência, o que somos e de onde fomos constituídos. 


"É melhor refugiar-se no Senhor do que confiar no homem." Salmos 118:8
Patrícia Azevedo   


Texto Vencedor da Promoção de Final de Ano .... Enviado por Patrícia Azevedo. Parabéns Patrícia,  Que Deus continue lhe capacitado ! 

3 comentários:

  1. Parabéns msmo! E é fato msmo q confiamos em tantas coisas e pessoas e muitas das vezes esquecemos de confiar em Deus.

    ResponderExcluir
  2. JOSÉ HENRIQUE E JULIANA30 de dezembro de 2010 23:29

    PARABÉNS À VOCÊS PELA INICIATIVA DO CONCURSO E PARABÉNS À PATRÍCIA PELO TEXTO E POR SER ESSA FILHA QUE MUITO NOS ORGULHA! AMAMOS VOCÊ!UM BEIJO DE SEUS PAIS :JOSÉ HENRIQUE E JULIANA

    ResponderExcluir
  3. Muito bom.
    Mereceu realmente ganhar, texto edificante, no qual nós faz refletir sobre em quem temos confiado, em quem temos depositados nossas esperaças. Obrigado por esse texto maravilhoso. A partir de hoje vou tomar mais cuidado com quem dirige o ônibus.. hahahahaha (zueira).. Temos que depositar nossa confiança em DEUS, pois Ele sabe de tudo!

    Parabens

    ResponderExcluir